sábado, 10 de janeiro de 2009

(R)evolução



Ano:2050

Planeta: Terra

A genialidade humana faz o mundo chegar ao ápice da sua evolução tecnológica e científica. Ao mesmo tempo, humanos passam por um estranho fenômeno. São aos poucos transformados em corpos solidificados em ferro e fibra. O fenômeno, a princípio imperceptível, tem como principais sintomas a diminuição das sensações e dos sentimentos. Atinge inicialmente o coração que passa por um processo de endurecimento gradativo até petrificar-se completamente e assim, outros órgãos vão sendo atingidos pelo fenômeno. Em pouco tempo, o corpo ganha formas compactas, muito semelhante à das máquinas. Homens-máquina são criados aos milhões todos os dias, principalmente nas grandes metrópoles.

Fruto de sua extraordinária inteligência e da iminente necessidade de apoio às suas tarefas, cada vez mais amplas e difusas, passam a criar robôs dotados de “qualidades humanas”.

Assim, passam a conviver civilizadamente, homens robotizados e robôs humanizados.

Mas os cientistas alertam para o surgimento de uma nova espécie já encontrada em algumas partes do planeta. Denominada pelos estudiosos como Homo Conscientes, a nova espécie tem formas físicas muito parecidas às do Homo Racionales, difere-se no entanto, no uso consciente da sua inteligência.

Creio que estes não necessitem criar robôs à sua imagem e semelhança.

8 comentários:

José Antonio Klaes Roig disse...

Oi, Elis. Belo texto. Realmente, ao invés de humanizar as máquinas, nossa civiliza~ção está robotizando as pessoas. Um abração, Zé.

José Antonio Klaes Roig disse...

Oi, Elis. Conforme planejamos, até ter um(a) ilustrador(a), ilustraremos, um a postagem do outro, buscando imagens que nós, leitores do outro, achamos interessantes para o post.
Essa achei a cara de teu texto! E a encontrei no endereço abaixo:
arte-digital-e-surreal-de-kazuhiko-nakamura-automaton1, no blog
http://mesquita.blog.br

Gabriela disse...

nossa eu fiquei até espantada de não ter nenhum comentário meu sobre essa postagem. Eu já li ela faz tempo e agora lendo denovo percebi que não tinha deixado vestígios por aqui rsrsrsrs
Muito muito interessante, se outras pessoas tivessem acesso a esse blog....Eu fiz a minha parte, divulguei ele la no meu blog pra que todo mundo que vá lá possa ler as maravilhas que você e o josé escrevem!

Elis Zampieri disse...

Oi querida!
Seus comentários são sempre motivadores. Penso que muito mais importante que a quantidade de acessos em um blog é a questão de quem, e pra que o acessam. Se retornam então, é realização garantida. :-)
Obrigado pela divulgação do REM.

José Antonio Klaes Roig disse...

Cara Gabriela, endosso plenamente as palavras da Elis sobre teu comentário. E agradeço muito a tua divulgação. A rede se movumenta graças a essa propaganda boca a boca. Brigadão, amiga. Um abração, Zé.

José Antonio Klaes Roig disse...

ops, movumenta, claro, significa movimenta..

José Antonio Klaes Roig disse...

Oi, Elis. Olhe que espantosa curiosidade. Link de uma notícia no Yahoo! tecnologia sobre um robô que surtou depois de programado para amar. Lembrou-me esse teu conto. Dá uma lida e depois me diz o que achou.... Será que a vida está cada vez mais imitando a arte? hehehehe Um abraço, amiga.

http://br.tecnologia.yahoo.com/article/09032009/7/tecnologia-robo-programado-amar-ataque-obsessivo.html

Flávia Sampaio - Educadora disse...

Prezada Elis...
Parabéns pelo blog! Atual e criativo. Gostei muito.
Qdo puder, faça-me uma visita: flaviasampaiosilva.blogspot.com
Falo sobre educação, comportamento, relacionamento professor e aluno.
Um abraço e novamente Parabéns!!!