sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

#microssonho1

 [Imagem de autoria desconhecida]

Acorde! Acorde! Acorde! - ele ouviu aquela voz distante lhe chamando para o viver. Quando abriu os olhos, não havia mais palavras, apenas um corpo em forma de violão, esperando pelo seu toque...

3 comentários:

Elis Zampieri disse...

Um conto escrito nas entrelinhas...
Eu adoro!

FERNANDO COSTA disse...

Um conto que mto diz...

um conto que mto diz...

um conto que mto diz, porque é assim !

(Obrigado Lis, pela caminhada, pela estrada e por cada palavra)

José Antonio Klaes Roig disse...

Oi,Elis. Bah, ficou, como diz o gaúcho, "trilouca de especial" essa imagem que você ilustrou do meu conto. Que em 2011 outros contos possamos fazer nessa parceria literária. Feliz 2011, caríssima amiga e colega. Abrs,