terça-feira, 20 de setembro de 2011

A Escavação II

[Imagem de autoria desconhecida]

Estava ali sozinho no sítio, o arqueólogo de si mesmo, examinando camadas e mais camadas geológicas de sua vida, até que a primeira chupeta e o cordão umbilical achou. Ouviu um choro de criança. Levantou-se de supetão. Olhou em volta e nenhuma viv'alma. Junto dele, apenas sombra de um menino que no tempo se perdera... soterrado pelas próprias divagações...

2 comentários:

Gabriela S. Borges disse...

Acho que tá faltando isso para a humanidade: olhar pra dentro de si e se reencontrar!

José Antonio Klaes Roig disse...

Sim Gabi, falta essa visão interior, para entender melhor o Outro... Brigadã pela visita nossa fã número 1. :-)))